Leia também

ERP e BI: como são aplicados e benefícios

Como sabemos, o ERP é um software de gestão empresarial é fundamental para haver controle dos negócios, geração de métricas, auxiliar setores como fiscal e contábil, além de impactar nos resultados da empresa. 

E, quando combinado a outras soluções tecnológicas, o sistema de gestão potencializa sua performance a produtividade dos profissionais.

É neste contexto que entra o ERP e BI juntos, como forma de melhorar a análise de dados e aplicar essas avaliações no dia a dia. 

Então, para entender como essas duas ferramentas podem sim caminhar lado a lado em um negócio, leia o conteúdo completo. Ah, e não se esqueça de compartilhar! 

O que é BI? 

O BI significa “Business Intelligence”. Esse é um processo que utiliza a tecnologia para analisar dados e apresentar informações a gestores e demais profissionais. 

Desse modo, o BI engloba utilização de ferramentas capazes de acessar e examinar conjuntos de dados posteriormente apresentados em relatórios analíticos, resumos e etc. 

Além disso, também há a aplicação de metodologias que possibilitam às organizações uma coleta confiável de informações sistemas internos e fontes externas. 

Vale citar que no BI é importante porque há integração entre sistemas e trabalha a partir do acesso a dados registrados na cadeia produtiva.  

Assim, essas métricas advêm de diferentes fontes de dados, como sistemas ERP e CRM, que possibilitam integração e visualização em grupo.

O sistema auxilia diretamente no desenvolvimento de indicadores empresariais mais eficientes. 

Outra informação que vale citar é que, o conceito de Business Intelligence foi citado em décadas anteriores, mas passou a ser implementado nos anos 70. 

E, com o decorrer da criação de tecnologias de armazenamento e acesso a dados, a fase moderna do BI surge em 1980 quando Howard Dresner, analista da Gartner, trouxe a expressão “Business Intelligence” para o mundo dos negócios. 

Como funciona o BI nas empresas? 

As empresas utilizam o Business Intelligence para analisar informações que passam por todo o negócio, em diferentes setores.

Isso ocorre com intuito de interpretar esses dados e entender como pode melhorar a performance, descobrir erros e problemas. 

Assim, utilizam-se ferramentas de BI que coletam as informações geradas por um sistema de gestão, como o ERP, fazendo associações necessárias, para que gestores possam realizar a tomada de decisões com base em dados de forma analítica. 

Portanto, existe uma relação entre BI e ERP, pois o sistema de gestão empresarial serve como solução que oferece informações gravadas em um banco de dados modelado especialmente para o negócio que, posteriormente, serão analisadas. 

Assim, o BI utiliza do sistema como o ERP para gerar conhecimento. Mesmo que pareça óbvio tal relação, já que o Business Intelligence precisa de um software de capta informações, ainda há alguns gestores que não se atentaram para isso. 

Sugestão de leitura: Objetivo Business Intelligence – Conheça os Principais 

Como funciona um ERP? 

O ERP, como já citamos anteriormente em outros conteúdos que você pode ver em nosso Blog, é um sistema de gestão empresarial que é utilizado pelas empresas com a finalidade de automatizar processos por meio da tecnologia. 

Assim, o software consegue organizar todo volume de dados que passam por ele, de maneira integrada, em que as diversas áreas da empresa têm um módulo no sistema e alimenta toda a cadeia da empresa. 

O ERP é capaz de auxiliar todos os departamentos com funcionalidades importantes para as diferentes tarefas diárias, como: 

  • Gestão fiscal; 
  • Controle financeiro; 
  • Manufatura; 
  • Gestão de frotas. 

Então, por ser uma solução tecnológica que agrega setores e exerce um trabalho robusto, possibilita que a empresa insira módulos conforme necessidades do negócio, atendendo às áreas necessária para uma gestão empresarial. 

Portanto, o sistema funciona como um banco de dados empresarial, que reúne em uma única plataforma todas as operações da organização de maneira integrada e com a possibilidade de agregar outras ferramentas nesse processo. 

Principais características dos softwares ERP: 

O ERP é um software com muitas funcionalidades e, como um sistema integrado, faz com que haja um fluxo de informação contínuo, que seja consistente em toda a empresa. 

Por trabalhar em uma única base de dados que, inclusive, pode ser armazenado em computação em nuvem, o sistema de gestão apresenta algumas características importantes para os negócios, como: 

  • Automatização de tarefas/processos; 
  • Flexibilidade para se adaptar aos modelos de negócio; 
  • Integração rápida e facilitada entre setores; 
  • Fluxo único de dados; 
  • Acompanhamento de dados em tempo real. 

Existem outras características que podem ser percebidas pelos profissionais que utilizam o sistema no dia a dia! 

Leia também: Controle de acesso aos dados no ERP potencializa segurança da empresa  

Relação entre ERP e BI? 

Agora que você já sabe as características e funcionamento de cada uma das ferramentas, entenda como o ERP e BI podem ser inseridos juntos em uma organização, a fim de melhorar a performance e produtividade, resultados nos negócios e a competitividade perante o mercado. 

Bom, um ERP trabalha com arquitetura de dados transacional, a partir de padrões que a própria empresa estabelece conforme necessidades. 

No ERP, encontra-se toda a operação de uma empresa, como: controle de fluxo de caixa, emissão de notas, transações, estoque, matérias-primas, gestão das frotas e demais informações que, se somadas em uma ferramenta analítica pode trazer também insights para os negócios. 

Enquanto isso, as ferramentas de BI pegam as informações e as oferecem como dados analíticos. Dessa maneira, as soluções facilitam a avaliação dinâmica de um volume de dados. 

Então, ao unir ERP e BI, as empresas obtêm maior controle de todas as informações que passam pelo negócio, auxiliando profissionais e gestores. 

Benefícios do ERP e BI juntos numa organização 

Análises profundas e que geram insights são as principais vantagens que as organizações podem alcançar ao integrar um ERP e ferramentas de Business intelligence (BI). Mas, além disso, gestores e profissionais podem obter outras vantagens, como: 

  • Agilidade nas decisões; 
  • Capacidade de personalização; 
  • Visão mais simples e rápida sobre os dados da empresa; 
  • Capacidade de enxergar comportamentos e tendências; 

Mas, destacamos a possibilidade de haver analises bem complexas e efetuadas de forma automática com praticamente a seleção de uma funcionalidade. Por isso que é inovador ter ERP e BI na sua empresa, funcionando lado a lado. 

StarSoft Application e Business Intelligence 

StarSoft Applications é o ERP da StarSoft desenvolvido com possibilidade de integração com ferramentas de BI, a fim de promover a análise de dados e mais bem tomada de decisões das empresas. 

O sistema de gestão empresarial da StarSoft trabalha com módulos que se encaixam com a realidade de inúmeras organizações, atendendo às áreas:

financeiro;

fiscal;

contábil;

cadeia de suprimentos;

transporte/frota;

compra e venda;

fabricação;

Outras frentes

Portanto, ao integrar setores e centralizar os dados em seu banco (que pode ser em nuvem), nosso ERP corrobora para uma análise de informações baseada em BI, com auxílio de ferramentas e de mão de obra qualificada. 

Então, para conhecer as soluções da StarSoft e saber como podemos ajudar sua empresa unindo ERP e BI, visite nosso site e aproveite para falar com nossos especialistas! 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Assine aqui nossa news: conteúdos do mundo do RH.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Assine nossa newsletter

    Posts Relacionados.

    Comentários.