fbpx
Leia também

Integração bancária com ERP. Conheça os benefícios

Os profissionais da área financeira já estão bastante habituados aos sistemas de gestão empresarial e, com isso, conhecem as vantagens que esse tipo de software proporciona ao departamento e também a outros. Entretanto, com a evolução dos processos de pagamento, houve a necessidade de melhorar as tarefas nas organizações, surgindo a integração bancaria com ERP auxiliando as demandas. 

Desse modo, o departamento financeiro ganha benefícios elevados e faz com que os profissionais se adaptem a uma nova maneira de administrar as entradas. 

Sendo assim, confira como as integrações bancarias acontecem com auxílio dos ERPs. Leia este conteúdo até o final! 

O que é integração bancária? 

Resumidamente, a integração bancária pode ser entendida como a centralização dos dados que fazem com que exista as transações monetárias da empresa.  

Assim, trata-se do processo que concilia informações da cadeira de suprimentos com tudo aquilo que é preciso pagar até a data determinada. 

Essa ligação ocorre por meio da comunicação que há entre as informações disponíveis em seu sistema de gestão e o que é adastrado como “saída” naquele mesmo sistema. 

A integração bancária é a centralização das informações que possibilitam controlar as transações de uma empresa. Ou seja, trata-se do processo que compreende a comparação entre o extrato bancário e os dados contidos no controle financeiro interno da organização. 

Atualmente, é quase que impossível uma empresa realizar essa tarefa de maneira manual e que seja eficaz, pois requer tempo, pessoas, recursos e ferramentas. Por isso, softwares de gestão são tão procurados pelos gestores da área financeira. 

Por que haver integração? 

Devido as altas demandas do mercado atual, as empresas se viram na obrigação de potencializarem suas integrações bancárias e ampliar a utilização além da simples comunicação e troca de dados. 

Assim, surge a necessidade de interligar setores e dados, deixando para trás a utilização isolada dessas informações. Então, a partir disso, o setor financeiro das organizações utiliza ferramentas de integração bancária: 

  • Com maior eficiência; 
  • Partilha de dados assegurada; 
  • Com design modular; 
  • Permissão da troca de dados entre unidades de negócio; 
  • Com cobertura total dos aspectos do negócio bancário. 

Como ocorre a integração bancária com ERP? 

Por conta da transformação digital e utilização frequente do ERP (Enterprise Resource Planning) nas empresas, hoje, já existe a possibilidade de integração de dados bancários ao ERP – um sistema gestão empresarial, que integra áreas de um negócio. 

E, justamente por conta dessa união empregada pelo ERP, que a integração bancária é possível, já que ocorre a leitura automática dos extratos bancários.  

Assim, elimina-se processos manuais, automatiza processos de entradas e saídas, além de promover a rotina dos colaboradores, pois não precisa de acessos constantes às ferramentas de recebimento e pagamento.   

Algumas das ações que o ERP permitiu por conta dessa integração, são: 

  • Antecipar o fluxo de caixa automatizado; 
  • Entendimento exato da situação financeira; 
  • Geração de segundas vias; 
  • Atualização automática. 

Benefícios o ERP atrelado à integração bancária 

Vale citar que a integração bancária com ERP gera benefícios para os profissionais que atuam nas finanças das empresas, mas também exerce vantagens aos negócios, como: 

Alta segurança  

Essa segurança, especialmente dos dados, ocorre porque existe a criptografia das informações inseridas no ERP e faz conexão fechada entre setores e sistemas. 

Leia mais tarde – Segurança corporativa: características, ameaças e como evitar erros 

Padronização 

O sistema de gestão empresarial permite que as empresas deixem um formato único para realizar a integração bancária, além de patronizar para os parâmetros e peculiaridades das organizações. 

Homologação 

Os ERPs são conhecidos por praticamente todas as entidades financeiras, assim, a integração bancária com o software de gestão é homologado pela maioria dos bancos e auditada por consultorias internacionais. 

Automatização e simplificação de processos 

A integração bancária permite a extinção de tarefas manuais desnecessárias, correto? Então, com a utilização do ERP, isso acontece de maneira automática e atrelada a outros setores. 

Desse modo, o trabalho fica mais simples, não dependendo mais de processos mecânicos e sujeitos a erros ou esquecimentos. Além disso, promove a consistência e integridade dos dados. 

Melhorias na gestão interna 

A melhoria na gestão interna consegue justamente pelo aperfeiçoamento de todas as áreas da empresa, já que o ERP lida com todas elas por meio da integração.  

Então, com essa integração bancária com o ERP e fornecimento de dados confiáveis, a gestão toma decisões assertivas, embasadas e com possibilidade de mensuração de resultado. 

Conheça o ERP da StarSoft! 

O StarSoft Application é o sistema de gestão que automatiza a rotina das empresas, integra setores e proporciona a digitalização de processos, aumentado a capacidade dos negócios e da gestão. 

O ERP da StarSoft permite que você expanda seu negócio com inteligência de mercado, indicadores de sucesso e total controle dos processos internos. 

Com experiência há mais de 30 anos no mercado, proporciona soluções diversas para: Gestão Financeira, Manufatura, Gestão Fiscal, Vendas e Distribuição, Controladoria e outros recursos. 

Fale com um de nossos especialistas e descubra a solução ideal para seu modelo de negócio e integração bancária. Faça parte da transformação digital e vamos juntos! 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Assine aqui nossa news: conteúdos do mundo do RH.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Assine nossa newsletter

    Posts Relacionados.

    Comentários.