fbpx
Leia também

Má configuração da Nuvem: causas e consequências

A computação em nuvem é uma tecnologia que cada vez mais tem sido acrescentada nas operações das empresas, isso porque proporciona benefícios incomparáveis para os negócios. Entretanto, há alguns problemas que fazem com que pessoas e empresas utilizem a ferramenta perfeitamente, como a má configuração da nuvem. 

Então, para entender o que causa má configuração da nuvem, quais procedimentos atrapalham esse recurso, leia este conteúdo até o final. Ainda vamos sugerir algumas ações que protegem as empresas de sofrerem consequências pela utilização equivocada da tecnologia. 

Desafios da computação e configuração da nuvem no Brasil 

Sabia que o Brasil é o país da América Latina que mais utiliza computação em nuvem? Pois sim, conforme o estudo da Citrix, feito em 2018, 57% das empresas brasileiras afirmam usar a computação em nuvem, superando países concorrentes, como: Argentina, Chile e Colômbia. 

Por conta dessa grande adesão e investimento, o Brasil passa por alguns desafios, principalmente também por conta da realidade do país e recurso que ainda é uma novidade para muitos empresários. 

Mesmo que exista investimentos e animação com essa inovação tecnológica, além dos benefícios que a ferramenta proporciona, ainda há preocupações e desafios. Veja alguns: 

Dificuldade com acesso à internet 

A computação, como todos sabem, utiliza a internet para funcionar, ser utilizada como banco de todos, realizar o armazenamento e outros recursos que ela é capaz.  

Então, para isso, é requisito básico que as empresas utilizem uma ótima rede de internet, senão é praticamente impossível do cloud computing ser utilizado pelas empresas. 

Todavia, mesmo com o crescimento no acesso à internet, ainda existem falhas, além dos preços que impedem a aquisição de pacotes mais elevados. Sem contar com as instabilidades da rede. 

Portanto, espera-se que essa questão seja cada vez menos frequente e que sejam inclusas outras tecnologias para aumentar a conectividade. 

Sistemas antigos 

Ainda existem muitas empresas que utilizam sistemas defasados, com pouca integração com outros softwares ou hardwares específicos. 

Outro fator considerável é que alguns sistemas foram desenvolvidos há muitos anos, quanto ainda não havia computação em nuvem. 

Portanto, antes de implementar a nuvem na organização, precisa ser feita uma avaliação completa de como a empresa está operando com seu sistema e se pode executar a nuvem. 

Assim, você pode fazer um diagnóstico de que tipo de mudanças devem ser feitas, como fará a digitalização dos processos e virtualização das informações, preenchendo requisitos básicos para o funcionamento da computação em nuvem. 

Por que gestores devem enxergar provedores de nuvem como um parceiro estratégico? 

Altos custos 

Como citado anteriormente, alguns recursos tecnológicos requerem altos custos para que sejam empenhados perfeitamente nas organizações. O mesmo ocorre com a nuvem, que executivos e gestores a aplicam com investimentos consideráveis. 

Essa é uma questão que pode se tornar um problema para as empresas de menor porte. Mas, os empreendedores podem superar isso com a democratização da computação em nuvem. 

Além disso, com a diminuição dos custos, você pode implementar tecnologias sólidas e de longo prazo, elevando a segurança da informação. E não podemos esquecer do valor agregado para os negócios. 

Causas da má configuração em nuvem 

Entenda algumas causas que fazem com que haja má configuração da nuvem. Elencamos algumas questões, mas é importante avaliar também os processos internos da sua empresa, ok? Então, vamos lá! 

Falta de implementação de segurança e operações 

O desenvolvimento de segurança e operações os profissionais podem chamar de DevSecOps, que é uma abordagem à cultura, automação e design da plataforma, a partir da integração da segurança e responsabilidade compartilhada em todo o ciclo de vida da TI. 

E, conforme relatório do Cloud Security Report 2022 da Check Point, apenas 16% dos entrevistados disseram que tinham DevSecOps na empresa e 37% estavam começando a implementar. 

Ausência de um fornecedor de segurança 

É importante que nesse processo de implantação e utilização da computação em nuvem, gestores têm que recorrer a um fornecedor de segurança nativo da nuvem ou a um terceiro com uma solução integrada. 

Não haver segurança múltipla  

Ainda conforme o estudo Cloud Security Report 2022, 57% dos participantes classificaram a garantia de proteção e privacidade de dados para cada ambiente como uma das principais razões de haver má configuração da nuvem. 

Portanto, os gestores precisam ter as habilidades corretas para gerenciar a nuvem em todos os ambientes da nuvem como uma solução completa. 

Falta de provedores necessários 

Muitos profissionais ainda apontam que é necessário utilizar dois ou mais provedores de nuvem para poder funcionar perfeitamente, além da implementar a segurança dos aplicativos na nuvem que também fazem a ferramenta girar. 

Incapacidade de otimizar proteção da nuvem 

Com aumento dos casos de ataques pela internet, você não pode falhar em relação a proteção na nuvem, para garantir a configuração da nuvem corretamente. 

Para você ter uma ideia, o Brasil sofreu mais de 88,5 bilhões de tentativas de ataques cibernéticos no último ano, ou seja, são perigos presentes. 

Por isso, as empresas e fornecedores precisam investir nessa área de segurança da nuvem e de seus outros sistemas também. 

6 melhores práticas de segurança de dados 

Ausência de políticas 

De acordo com a mesma pesquisa citada ao longo desse conteúdo, 75% das organizações são a favor de uma plataforma de segurança única em um só painel de controle. 

Assim, gestores e executivos podem configurar todas as políticas necessárias para proteger os dados que estão em nuvem e, consequentemente, haver uma configura da nuvem eficaz.  

Então, sem “malabarismos” e inúmeros painéis de soluções de segurança e ausência da integração, as empresas podem controlar melhor a nuvem corporativa. 

Gostou desse conteúdo? Leia mais textos em nosso Blog! 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Assine aqui nossa news: conteúdos do mundo do RH.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Assine nossa newsletter

    Posts Relacionados.

    Comentários.