fbpx
Leia também

O ERP como chave para o sucesso dos negócios no pós-pandemia

A pandemia mostrou a todos que a tecnologia pode ser uma aliada em inúmeros aspectos. Especialmente para os negócios, a inovação demonstrou ser um “braço direito,” já que possibilitou a continuação das atividades trabalhistas, econômicas e até mesmo sociais. E, isso não seria diferente com a gestão empresarial, já que hoje o ERP é essencial.  

E, diante dessa necessidade de se reerguer e gerar novos negócios, é importante que os softwares de gestão acompanhem esse cenário.   

Além disso, é fundamental que os sistemas proporcionem auxílio para as empresas no período pós-pandemia. Portanto, confira esse artigo de como o ERP pode ser a chave para o sucesso nesse novo normal!  

Entenda as funções do ERP  

O Enterprise Resource Planning (ERP) é formado por um conjunto de módulos que, integrados, fazem a gestão empresarial de maneira unificada.   

Desse modo, gestores e colaboradores têm a rotina dinamizada e eles conseguem administrar e gerir os processos em só um lugar.   

Além disso, os empreendedores podem pedir ao fornecedor que personalize o sistema de acordo com a necessidade da empresa.  

Conheça, então, as principais funções do ERP e como esse software proporciona um importante impacto na organização, obrigações acessórias e administração da empresa. Confira os principais módulos.  

Módulo fiscal  

Os profissionais do setor fiscal são responsáveis por prestar todas as obrigações fiscais sob a pena de receber multas para a empresa. Portanto, o módulo de ERP permite:  

  • Calcular a carga tributária média;  
  • Gerar arquivos das Notas Fiscais Eletrônicas;  
  • Entregar os dados e tributos ao SPED Fiscal e o SPED Contribuições.  

Módulo financeiro  

Já a área financeira, que tem grande contribuição na administração da empresa, precisa de apoio também do ERP. Assim, dentre os recursos do módulo financeiro, destacamos:  

  • Fluxo de caixa;  
  • Relatórios;  
  • Previsão de receitas e despesas.  

Módulo estoque  

Aqui é um bom exemplo de integração, pois a principal vantagem de um módulo integrado ao estoque é a unificação e imediatismo dos dados. Então, ele permite:  

  • Histórico da movimentação;  
  • Controle de lotes, número de série e produtos;  
  • Relatórios quando quiser.  

Além desses módulos, há outros, que são integrados ao ERP justamente para atender as necessidades da empresa, conforme setor de atuação, tamanho e demais detalhes. Por isso, você pode encontrar as seguintes opções:  

  • Gestão de frotas;  
  • Controladoria;  
  • Manufatura;  
  • Suprimentos;  

  • Vendas e Distribuição.  

Como o ERP auxilia os negócios neste pós-pandemia 

Mesmo antes da crise mundial, os gestores já vinham investindo em sistemas de gestão e em tecnologia capazes de otimizar os processos empresariais.  

Assim, a Serasa Experian realizou uma pesquisa entre 25 de maio a 09 junho de 2021, com alguns empresários. Esse estudo constatou que 5 em cada 10 empreendedores pretendem investir em tecnologia para aumentar as vendas após a pandemia.  

Tal estudo revela esse interesse pela inovação. Portanto, investir em um ERP pós-pandemia já é uma tendência.   

De fato, é bastante aconselhável que os gestores procurem por um software de gestão empresarial que seja inovador e adequado a seus negócios. Então, acompanhe alguns motivos para obter um ERP nesse cenário.  

Tecnologia disruptiva  

O conceito da tecnologia disruptiva está ligado à maneira como essa inovação revoluciona um método ou solução que, antes, não eram utilizadas em sua potencialidade. Mas ela também cria um novo mercado, produto ou serviço.  

Neste sentido, o ERP no momento de novo normal faz todo sentido como uma tecnologia disruptiva, já que realiza integração entre setores, serviços e softwares.  

Desse modo, os gestores enxergam facilidades e benefícios significativos. Além disso, essa inovação proporciona vantagem competitiva e modifica os métodos arcaicos.  

Maior proteção dos dados  

Por conta de seu armazenamento em nuvem e automação, o ERP permite potencializar a segurança dos dados da empresa e de clientes.  

Além disso, os desenvolvedores já criam o software conforme LGPD e diretrizes da legislação e boas práticas. O sistema também é desenvolvido de maneira que dificulta ação de hackers e demais ameaças.  

Leia também: Primeiros passos para se adequar à LGPD (acrescentar link quando estiver postado)  

Automatização e otimização dos processos 

O ERP permite que os processos sejam automatizados, dessa maneira, diminui-se as chances de ocorrer erros humanos. Além disso, promove a otimização dos dados.  

Contudo, os usuários do sistema também conseguem otimizar sua atuação. E por quê? Bom, porque eles ganham a possibilidade de agir estrategicamente, já que os processos não são mais manuais.  

Eleva-se também a produtividade, diminui erros de operação, os líderes também podem elevar a gestão e investir em análises, estratégias e planejamento.  

Análises assertivas  

Por conta de sua capacidade de armazenar dados e proporcionar uma visão ampla, os colaboradores e gestores conseguem realizar análises mais assertivas e estratégicas.  

Com a análise de relatórios sobre os dados gerados no ERP, você pode prever falhas, visualizar operações de clientes e processos internos, projetar melhorias e prevê resultados, entre outras ações.  

Vantagens de adotar um ERP no novo normal 

Considerando que o futuro do ERP é uma tecnologia disruptiva e pode proporcionar funcionalidades significativas, que já citamos, entenda algumas das vantagens desse sistema:  

  • Economia de tempo;  
  • Redução de custos;  
  • Aumento de produtividade;  
  • Adequações jurídicas;  

  • Auxílio na tomada de decisão;  
  • Flexibilidade e mobilidade;  
  • Melhor gestão dos recursos;  
  • Maior previsibilidade;  
  • Eficiência na operação;  

  • Acesso a KPIs em tempo real;  
  • Setores mais integrados;  
  • Maior rentabilidade;  
  • Aprimoramento de relatórios contábeis e financeiros.  

Ou seja, podemos perceber o quão o ERP é importante para as empresas tanto no novo normal quanto antes, pois essa é uma ferramenta que gera benefícios significativos.  

Portanto, você precisa avaliar quais são suas necessidades, em qual momento sua empresa está inserida e o que você espera desse sistema hoje!   

Feito isso, avalie o fornecedor e todas as questões que estão relacionadas à decisão de investir em um ERP. Criamos um “Guia do Comprador”, que vai te ajudar nesse processo. Basta apenas clicar aqui e ter acesso ao conteúdo!   

#VamosJuntos 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Assine aqui nossa news: conteúdos do mundo do RH.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Assine nossa newsletter

    Posts Relacionados.

    Comentários.