Gestão de Descontos

Gestão de Descontos – O que é? Como fazer?

A criação de promoções para aumentar o volume de vendas  e atrair novos clientes é uma técnica muito utilizada pela maioria das empresas. Mas para que os resultados trazidos por essa alternativa sejam positivos e que não lhe tragam prejuízos, é preciso criar uma boa gestão de descontos.

Mais do que um simples “agrado” à sua clientela, a gestão de descontos é uma estratégia e deve ser pensada como uma. Por isso, no post de hoje, separamos tudo o que você precisa saber sobre esse assunto.Vamos lá?

O que é Gestão de Descontos?

A redução no preço de produtos e serviços para aumentar as vendas é uma tática antiga e muito bem conhecida pelos vendedores. Ela é feita com o intuito de diminuir a margem de lucro para fechar mais negócios e ganhar na base do volume das vendas.

Já que os clientes são chamados pelos valores atrativos oferecidos pelo estabelecimento e o vendedor ainda lucra com isso, essa estratégia é benéfica para ambas as partes do negócio.

Mas lembre-se que você não pode simplesmente sair baixando os preços sem analisar a situação e sem calcular sua margem de lucro no futuro. E é justamente por isso que o(a) empreendedor(a) precisa ter um gerenciamento bem feito, seja para aproveitar melhor os itens estocados, bem como para ter vantagem de algo que esteja com bastante procura.

Como fazer uma boa gestão de descontos?

Não existe uma fórmula mágica, mas existem algumas estratégias que você pode adotar que com certeza trarão bons resultados para o seu  negócio. Lembre-se que, ao planejar, você precisa analisar se suas ideias estão sendo vantajosas para você e para os seus clientes também.

Queima de estoque

As promoções são excelentes alternativas para fazer o seu estoque empacado girar. Produtos que estejam chegando próximos à data de validade, serviços que estão fora de temporada ou que têm baixa procura em determinado período, por exemplo, podem receber descontos maiores

Vendas relacionadas

Se os descontos contribuem – e muito – para desafogar estoques parados, eles também são ótimos agentes que auxiliam na multiplicação de vendas de produtos que estão “esquecidos” pelas pessoas.

Partindo da premissa de que, se o cliente compra algo com um preço inferior, significa que ele pode comprar itens em um volume ainda maior. E com uma boa gestão, o cliente pode se convencer de que comprar aquele produto que foi, por algum motivo, “invisibilizado” pelo principal pode ser uma boa ideia.

Esse tipo de venda é muito comum através da combinação de produtos e serviços de uma mesma família ou que possam ser usados em associação.

Precifique corretamente

Como já citamos, de nada adianta oferecer um desconto se você não está recebendo algum lucro com as vendas. Mesmo que os descontos possam aumentar significativamente as suas vendas, isso não significa que você vai se livrar de problemas financeiros ocasionados pela má gestão dos descontos oferecidos.

Sendo assim, é extremamente importante saber calcular a dimensão do desconto. Para isso, leve em consideração os custos reais do produto à venda, além do que foi gasto com propaganda e outros demais serviços, para não ganhar nem um centavo a menos do que o que foi investido.

Tipos de descontos que você pode oferecer

Depois de você ter traçado seus objetivos, está na hora de saber qual o tipo de desconto que você pode aplicar nos seus serviços ou produtos. Para isso, é importante saber quais são os principais tipos de desconto que existem, e são eles:

Descontos nominais: Desconto de valor fixo para determinadas vendas. Como R$10,00 para a primeira compra na loja – sendo essa tática muito utilizada por lojas online.

Descontos percentuais: Quando é oferecida uma taxa de, por exemplo, 10, 20 ou 30% de desconto. Geralmente são os mais utilizados pelo varejo.

Descontos progressivos: Esses podem aumentar conforme o volume de produtos e o preço final. Como 10% nas compras a partir de R$50,00; 20% nas de R$100,00 e aí por diante.

Descontos regulares: Aqueles atrelados às datas comemorativas ou às mudanças de estação.

Descontos: de campanha: Quando são feitos de surpresa, sem algum motivo específico para o consumidor e pode ser de caráter nominal, percentual, progressivo, leve mais pague menos, compre junto e assim por diante.

Como conseguir melhores resultados

Sempre tenha em mãos o panorama geral dos percentuais de venda e lucro, pois é essencial para calcular a margem de  vendas e estipular o lucro a ser obtido com essa receita. Em outras palavras, isso tem o objetivo de analisar o quanto é possível diminuir o preço sem ter prejuízos ao potencializar as vendas.

Fique sempre atento(a) à concorrência e entenda como e quando ela fará campanhas de descontos. Além disso, monitore sempre os resultados para saber se suas táticas estão funcionando. Isso auxilia, inclusive, para melhorar os resultados da próxima gestão de descontos.

 

Você ainda pode potencializar seus resultados com o StarSoft Applications. Nosso módulo de vendas e distribuição é uma solução completa e de fácil navegação. Sua flexibilidade, seja na definição da tabela de preços ou prática de descontos, torna-se um diferencial para gestão e negociação de orçamentos e pedidos de vendas das organizações.

Quer saber mais? Entre em contato com a gente clicando aqui!

Paste your AdWords Remarketing code here