Gestão do Capital Intelectual

Gestão do Capital Intelectual

Fazer a devida gestão do capital intelectual é um grande desafio, mas também uma tarefa muito importante para qualquer empresa. Afinal, os profissionais são a verdadeira essência das organizações. São eles que detêm o conhecimento e as habilidades que fazem com que as companhias se mantenham funcionando. Neste artigo, descubra mais sobre a importância de cuidar do seus talentos e como fazê-lo com maior praticidade e eficiência.

O mercado tem passado por mudanças drásticas, marcadas principalmente pela tecnologia atual. Se por um lado, a exigência por talentos capazes de acompanhar as inovações é grande, por outro, os profissionais também estão se tornando mais exigentes.

Para eles, não basta entrar em uma empresa e nela permanecer até sua aposentadoria. Agora, o que vale mais é a qualidade de vida proporcionada pela companhia. Isso se traduz em possibilidade de desenvolver competências e ter um plano de carreira bem estruturado.

Além de melhores benefícios, que vão além do dinheiro, aliás. Para os novos talentos, o que importa é conseguir realizar um trabalho gratificante em um ambiente saudável.

Neste sentido, a gestão do capital intelectual entra administrando cada um destes detalhes. Observando quais profissionais podem ser melhor alocados em outra função. Identificar quais deles precisam de um treinamento para desenvolver habilidades.

Sem falar no desenvolvimento de um bom plano de carreira e de bonificações.

Capital intelectual – o que significa?

O capital inicial é uma mistura de três elementos fundamentais para qualquer empresa. São eles:

Capital interno

Pode ser considerado capital interno tudo o que é produzido pelos profissionais da companhia. Como por exemplo os processos que desenvolvem, os conceitos que criam e c certificações que são obtidas através de seus esforços. Sem falar nos sistemas administrativos e informacionais da organização.

Em suma, tudo o que os colaboradores elaboram e utilizam diariamente e que contribui para o funcionamento da empresa.

Capital externo

Já o capital externo, por sua vez, pode ser considerado as relações públicas que a empresa mantém. Nesse quesito entram tanto os clientes, como os fornecedores e até os stakeholders.

Aqui, então, é que a organização demonstra sua imagem perante o mercado, a reputação que ela constrói. É a partir desse relacionamento que a companhia constrói sua marca.

Capital humano

Como capital humano podemos citar todas as competências, aptidões, experiências e valores dos talentos da empresa. 

Podemos dizer que é a alma da empresa. Afinal, sem ele, o maquinário não opera, as vendas não se realizam, enfim, nada acontece.

A gestão do capital intelectual é que mantém tudo isso em equilíbrio, garantindo sobrevivência e saúde do negócio.

Como o capital intelectual se reflete no mercado?

Uma empresa já não pode simplesmente se ater a oferecer melhores produtos e resultados. É preciso também demonstrar o quanto está preocupada com seus colaboradores.

A sociedade está muito mais crítica em relação às condições de trabalho das empresas que escolhem. Existe uma preocupação maior com qualidade de vida das pessoas em seus ambientes de trabalho. Uma maior empatia.

Existe ainda outro ponto importante em relação à imagem que a empresa constrói neste sentido. Isso porque os talentos também podem ser tornar clientes e influenciar potenciais consumidores.

É fácil ilustrar essa ideia. Quer ver? Digamos que você quer comprar uma roupa em determinada loja. E um amigo seu trabalha nesta loja, e conta que lá as pessoas sofrem assédio moral. Que são pressionadas a não ir ao banheiro, por exemplo. Você faria a compra mesmo assim? Dificilmente.

Como fazer uma boa gestão do capital intelectual?

Uma boa gestão do capital intelectual traz grandes resultados para as empresas. Isso se traduz, basicamente, em vantagem competitiva. Isso mesmo, destaque no mercado!

Se sua companhia tem os talentos mais desenvolvidos, seus processos serão sempre desempenhados com maior eficiência.

As melhores ideias? Também provém dos talentos de sua empresa. Ideias que levam a inovação, que trazem destaque à marca como um todo!

Visão de futuro, com antecipação de aproveitamento de oportunidades é outra das especialidades dos profissionais. O que também te coloca em evidência em relação aos demais. 

Quer ter tudo isso e muito mais? Então descubra abaixo algumas formas de aprimorar sua gestão de capital intelectual:

Mantenha os talentos afiados com treinamentos 

Treinamentos regulares são excelentes formas de manter os talentos afiados e atualizados sobre as tendências e inovações do mercado.

Além disso, oferecer treinamentos recorrentes, sua equipe se sentirá mais valorizada pela empresa. Os profissionais entenderão que a companhia se preocupa em desenvolver suas competências, tornando-os ainda mais qualificados.

O treinamento tem uma importância fundamental, principalmente para os millennials. Para 87% esta geração, o desenvolvimento de habilidades é fundamental. Pelo menos é o que aponta uma pesquisa realizada pela Gallup.

Outro estudo, dessa vez orientado pela Mercer, demonstra a importância do treinamento para os profissionais em geral. Os dados indicam que pelo menos 65% dos funcionários são favoráveis a uma aprendizagem que contribua para desenvolver suas habilidades. 

Acompanhe o desenvolvimento dos profissionais

Mais do que oferecer os treinamentos, é preciso acompanhar o desenvolvimento dos profissionais.

Assim, você pode posicionar os membros da equipe em cargos estratégicos, de acordo com as habilidades desenvolvidas.

É, ainda, uma excelente forma de estruturar um plano de carreira para os seus talentos, dando aquela motivação a mais.

Por outro lado, é uma forma também de observar onde cada colaborador precisa se desenvolver mais. Com isso, aproveitar a oportunidade para avaliar casos semelhantes e montar um grupo para receber um treinamento específico.

A empresa só tem a ganhar: com competências mais refinadas, os funcionários podem oferecer melhor performance. E com isso, o desempenho organizacional como um todo aumenta junto.

Ofereça salários de acordo com o mercado

Por mais que o talento seja sintonizado com o clima organizacional da empresa e esteja alinhado aos valores da companhia, um salário abaixo do mercado não irá mantê-lo.

Para conseguir reter capital intelectual da sua empresa, é muito importante oferecer salários que, pelo menos, estejam de acordo. 

Fique atento porque, sabendo da importância deste fator para os profissionais, a concorrência pode oferecer salários mais atrativos. E com isso, acabar levando seus talentos embora…

Utilize um sistema para otimizar a gestão

Para implementar todos esses planos de ação para aprimorar a gestão do capital intelectual, você vai precisar de um suporte seguro e confiável. E existem softwares específicos para te ajudar neste sentido!

O StarSoft Applications People Analytics proporciona maior praticidade e controle sobre questões fundamentais para a gestão do capital intelectual. Como por exemplo o acompanhamento de cargos e salários, desenvolvimento e treinamento dos profissionais.

Este módulo possibilita que as empresas otimizem a atração, captação, contratação, desenvolvimento e retenção de talentos. Para tanto, conta com funcionalidades pontuais práticas, seguras e integradas.

Quer saber mais sobre nossa ferramenta e seu potencial para o seu negócio? Então entre em contato conosco ou preencha o formulário neste link para solicitar uma demonstração.

Paste your AdWords Remarketing code here