fbpx
Leia também

5 motivos para ter um ERP em nuvem

De acordo com o estudo realizado pela SAS Brasil, 80% das instituições avaliadas tinham um projeto baseado em Cloud Computing, no período de 2019 e 2020.  Ou seja, já havia o interesse no ERP em nuvem.Atualmente, esse dado demonstra como os gestores têm se planejado para migrar seu armazenamento e sistema em nuvem, inclusive software de ERP. Consequentemente, o ERP em nuvem já faz parte da rotina de muitas empresas, pois os gestores enxergam nesse recurso um modo de otimização de seu sistema, melhorar as operações e ter maior segurança de seus dados. Portanto, seja com a finalidade de obter maior escalabilidade operacional, ser estratégicos ou elevar a competitividade, os gestores das empresas têm investido em sistemas em nuvem. Sendo assim, continue neste artigo e entenda mais sobre o tema! 

Como funciona o ERP em nuvem? 

Sabemos que um sistema de ERP é um software direcionado à gestão empresarial. Desse modo, apresenta uma funcionalidade de planejar, organizar e integrar processos.  Portanto, o objetivo dos gestores ao utilizar o ERP é centralizar todos os dados em uma plataforma, o qual permite acesso a todos os setores. Por esse motivo, os empreendedores utilizam um ERP em nuvem, já que a solução faz com que a gestão seja ainda mais eficiente. Com a finalidade de avançar tecnologicamente e a necessidade de acompanhar as tendências do mercado, os líderes viram a necessidade de mudar para um sistema em nuvem. O sistema ERP em nuvem funciona por meio do software que a empresa já possui, mas com a inclusão da gestão e armazenamento em cloud. Então, as tarefas diárias, dados e informações da instituição ficam em nuvem. Primeiramente, vale lembrar que os gestores contratam um ERP em nuvem para trabalhar simultaneamente em todas as áreas da empresa.Dessa maneira, unifica-se os processos, cruzando informações e facilitando a comunicação interna. Ou seja, essas características proporcionam um fluxo mais eficiente, seguro e sem erros. 

Importância da nuvem 

A fim de elevar a segurança dos dados sobre a gestão empresarial, os gestores começaram a buscar as soluções em nuvem, com planejamento e foco na economia. Desse modo, os gestores promovem uma economia especialmente por conta da ausência de manutenção. Afinal, o ERP apenas locais precisa de revisões manuais e contínuas.Especialmente em relação a questões físicas, os gestores que utilizam ERP apenas local necessitam de um maior orçamento da empresa. Contudo, quando os gestores decidem por um ERP na nuvem, eles garantem custos operacionais menores, já que o funcionamento e armazenamento online não precisam de hardwares custosos.A tecnologia cloud computing para ERP permite uma legibilidade em servidores interligados, que compartilham capacidade, memória e dados, todos via internet.  Dessa forma, os colaboradores e gestores podem ter acesso a informações em qualquer lugar e em qualquer computador autorizado.   Por outro lado, os colaboradores precisam de um acesso previamente autorizado. Desse modo, eleva-se a segurança dos dados e da própria empresa. Além disso, o ERP em nuvem também viabiliza o backup em tempo real e segurança contra invasores, de tal forma que eleva a velocidade com que as operações podem ser registradas.Leia também: ERP para Folha de Pagamento

5 razões para levar seu ERP à nuvem 

Além das vantagens citadas acima, ao migrar o ERP para a nuvem, gestores garantem outros benefícios às empresas. Portanto, confira:
  1. Disponibilidade 
Por conta de estar armazenado virtualmente, os dados do ERP em nuvem ficam disponíveis 24 horas por dia. Isto é, sendo possível acessar a qualquer momento. Assim, essa vantagem também está relacionada à verificação em tempo real. Conforme pesquisas, o sistema em nuvem também tem a vantagem de ser utilizado em equipamentos diferentes, como tablet e celular que, há um tempo, não eram possíveis ser utilizados para isso.  Mas, os gestores também podem acessar por notebook e computadores, lembrando que precisam ser previamente autorizados e uma boa conexão. 
  1. Escalabilidade 
Os sistemas em nuvem são excelentes para as empresas, sobretudo as que estão em crescimento, já que tem recursos que atendem às demandas sem perder as qualidades e valor agregado. Portanto, se você percebeu que seus negócios estão evoluindo, é uma ótima hora para você escolher um sistema ERP em nuvem.Consequentemente, os líderes conseguem manter a organização e a capacidade de se assumir essa evolução nos negócios.Um ERP em nuvem também tem a capacidade de mover as informações de maneira ágil e fácil e, se necessário, elevar o espaço de armazenamento. Isso acontece justamente por ser uma solução escalável. 
  1. Acessibilidade 
Financeiramente, um ERP em nuvem pode sim ser acessível, principalmente porque os gestores conseguem diminuir os gastos com hardware e manutenção. Além disso, como é um sistema que depende da internet, não é necessária uma alta infraestrutura e diversos equipamentos para realizar a gestão e armazenamento. Portanto, a gestão em nuvem pode ser considerada um investimento de preço baixo e viável, além de reduzir custos operacionais.

Benefícios essenciais 

Padronização A princípio, por meio do sistema ERP em nuvem, os gestores conseguem ter os processos das empresas centralizados e alocados seguindo um padrão de confiabilidade e qualidade da informação.  Dessa forma, os processos automatizados do ERP conseguem ser identificados e utilizados com mais facilidade pelos colaboradores. Segurança Sabia que a maioria dos sistemas em nuvem possuem recursos de criptografia? Então sim, muitos deles têm até 128 bits, os quais incluem todas as informações da empresa que são enviadas ao cloud com total proteção. Com isso, os dados da instituição ficam salvos tanto por métodos internos de TI quanto pela segurança da nuvem, que proporciona 24 horas de proteção. Sem dúvidas, existem outros motivos igualmente importantes que podem te ajudar a decidir a migrar seu ERP para nuvem. Logo depois, para entender melhor sobre gestão empresarial e quais soluções podem se adequar ao seu negócio, visite o site da StarSoft! Por fim, se preferir, converse com um de nossos especialistas. Desde já, avisamos que estamos aqui para te auxiliar na gestão empresarial.Sugestão de leitura: Desoneração da folha de pagamento

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Assine aqui nossa news: conteúdos do mundo do RH.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Assine nossa newsletter

    Posts Relacionados.

    Comentários.