fbpx
Leia também

O novo normal do RH: como a pandemia mudou o futuro do setor

A pandemia do Novo Coronavírus, infelizmente, ainda é uma realidade em nosso país. Entretanto, como o mercado é sempre muito dinâmico, os empreendimentos já estão se preparando para um “novo normal”. Na área de Recursos Humanos não é diferente. Neste texto, você irá entender as tendências do RH e como a pandemia muda o futuro do setor.

Como a pandemia afeta o setor de RH?

A pandemia da Covid-19 forçou o país todo a passar por um processo de quarentena e isolamento que afetou de maneira intensa quase todos os empreendimentos do país. Com os consumidores em casa, mais conservadores na hora de gastar, muitas empresas viram a demanda despencar e o faturamento sofrer bruscas quedas.

Não demorou até que alguns negócios fechassem as portas ou tivessem que demitir colaboradores. Começou aí um dos primeiros impactos sobre o setor de Recursos Humanos: diversas equipes de RH se viram na necessidade de, de maneira rápida, justa e estratégica, decidir quais profissionais deveriam ser mantidos e quais colaboradores deveriam ser desligados para manter a saúde financeira da empresa.

Outros grandes desafios vindos com a pandemia foram à necessidade que muitas empresas tiveram de operar de maneira remota. Para estes empreendimentos, a equipe começou a trabalhar parcial ou integralmente de casa, em regime de home office. Aqui está mais uma lacuna a ser preenchida pelo setor de RH e marketing: como motivar colaboradores de casa, bem como avaliar seus desempenhos e promover desenvolvimento profissional? Confira aqui algumas dicas de endomarketing à distância da nossa gerente de marketing, Carolina Spina.

Especialistas e pesquisa realizada pelo Banco Original em parceria com a consultoria 4CO apontam que, apesar de trabalhar no conforto do lar, muitos profissionais têm se sentido mais desgastados pelo trabalho home office do que pela rotina de trabalho presencial.

Outro desafio, de natureza mais burocrática, está em organizar corretamente os contratos, os detalhes trabalhistas e outras tarefas documentais, tanto das equipes que trabalham remotamente, como de profissionais que continuaram trabalhando in loco.

RH: soluções, mudanças e tendências para após a pandemia

Como você pode ver, o setor de RH sentiu alguns impactos diretos e indiretos da pandemia em sua rotina de trabalho. Entretanto, à medida que a pandemia foi se tornando uma realidade duradoura, as equipes se adaptaram e tornaram-se mais resilientes, proporcionando soluções eficazes que podem ser aplicadas mesmo em um “novo normal” após a pandemia. Vamos conhecer algumas delas:

Trâmites burocráticos digitais

Uma das primeiras experiências que um funcionário tem ao ser contratado por qualquer empresa é levar a documentação até o setor de RH. Podem ser solicitados vários documentos, como a CTPS, RG, CPF, CNH, além de certificados de cursos e comprovantes de grau de estudo. Antes mesmo do Covid-19 ser uma realidade, já havia um movimento com a finalidade de reduzir ou eliminar a burocracia documental em papel.

Isso tem sido feito com a adoção de plataformas digitais de encaminhamento de documentos para o RH e assinaturas digitais. Além de poupar tempo, não utilizar espaço físico da empresa, facilita a vida das equipes de Recursos Humanos e torna todo o processo menos burocrático. A transmissão digital de documentos evita que os colaboradores interajam pessoalmente, medida preventiva contra a COVID-19.

Certamente, é possível enviar um documento por e-mail. Entretanto, os setores de RH agora estão tomando ações para que essa transmissão de documentos pessoais seja feita de maneira cada vez mais segura e válida legalmente, com a finalidade de evitar irregularidades para a gestão da empresa.

Processos seletivos on-line

Mesmo em tempos de pandemia, muitas empresas ainda estão contratando. Podemos projetar que, mesmo quando toda essa situação acabar, muitos empreendimentos ainda continuaram realizando seus processos seletivos para contratação de colaboradores utilizando meios digitais.

Para isso, utilizaram testes digitais nos quais o candidato pode realizar através da internet, e mesmo estando on-line, ele não terá a possibilidade de colar, uma vez que a maneira como essas plataformas operam tornam a cola um recurso praticamente sem utilidade. Além disso, outra realidade latente são as entrevistas de emprego por web conferência.

Nos tempos de pandemia, os softwares de comunicação por áudio e vídeo correram para aprimorar suas soluções rapidamente, atendendo os usuários que precisam ter um contato pessoal e responsivo com outras pessoas, sejam elas colegas, clientes, chefes ou até mesmo membros da equipe gestora da empresa.

Preocupação latente com a saúde do colaborador

Embora a saúde ocupacional não seja uma responsabilidade do setor de recursos humanos, estes profissionais estarão cada vez mais próximos dos colaboradores no sentido de executar políticas de prevenção e conscientização pela saúde dos funcionários. Em tempos de pandemia, um trabalhador infectado pode acabar paralisando toda a empresa na ocorrência de um eventual surto de infecção.

Por isso, não raro, a equipe de RH promoverá palestras de conscientização, além de eventos e pesquisas nas quais é realizado um monitoramento mais detalhado e frequente das condições de saúde física e também psíquica dos colaboradores, uma vez que muitos dos danos da pandemia têm sido estritamente psicológicos.

Aprimoramento do regime home office

Home office não é novidade. Praticado no Brasil há anos e consolidado pela Reforma Trabalhista, essa modalidade de trabalho ganhou cada vez mais espaço nos empreendimentos graças às necessidades de isolamento impostas pela pandemia. Agora, a ideia é aprimorar as tecnologias que já existem para que profissionais performem melhor.

Por isso, aplicativos de comunicação por vídeo, voz e texto tornam-se mais integrados e preparados para a rotina profissional. Além disso, a equipe de RH auxilia na regulamentação das atividades home office para que o profissional possa cumprir seus deveres e ter todos os seus direitos trabalhistas respeitados.

Desenvolvimento e capacitação humana no “novo normal”

No “novo normal”, os esforços de capacitação, desenvolvimento humano e profissional serão cada vez mais importantes. Em um mercado abalado pelo desemprego e pelo constante medo de adoecer, muitos funcionários simplesmente foram prejudicados em sua capacidade emocional, perdendo habilidades de autogestão e inteligência emocional.

Um dos maiores desafios que as equipes de RH terão neste sentido é capacitar e desenvolver os funcionários neste novo universo profissional. Entretanto, com a ajuda da internet e técnicas corretas, é possível estimular colaboradores e serem mais produtivos e trabalhar com amor, ainda que o home office traga muitas dificuldades.

Acesse o site da StarSoft para conhecer nossas soluções e saber mais!

 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Assine nossa newsletter

    Compartilhe:

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin

    Assine nossa newsletter

      Posts Relacionados.

      Comentários.